• Pergolados
  • Decks
  • Painéis
  • Brises
  • Fachadas
  • Saunas
  • 19 9 9905 9990
  • Campinas SP
Cada espécie de madeira possui características próprias, que fazem com que ela seja mais indicada para certos tipos de aplicação do que para outros. Isso porque existem fatores como dureza, resistência, peso, oleosidade, odor, trabalhabilidade, entre outros, que fazem com que elas tenham o perfil exato para cada uso.
Uma madeira para telhado, por exemplo, precisa ser resistente, mas não pode ser pesada demais. A madeira para interiores precisa ser resistente, mas pode ser leve, com pouca contração mecânica.

Para uso exterior, ela deve ser forte e resistente.

Para escolher a madeira certaé preciso considerar quais agressões ela irá sofrer. No caso da madeira, como ela vai ficar exposta ao tempo (sol, chuva, etc.), sofrendo a ação do calor, da radiação do sol, da umidade, da acidez da chuva, e da estiagem, ela precisa ser bastante resistente às intempéries.
Além disso, a madeira, no ambiente externo, ainda tem maior probabilidade de ser atacada por cupins, formigas, fungos, brocas, traças e outras pragas.

Por isso, a melhor madeira é aquela que pode resistir mais tempo a todas essas agressões.
Também precisa ter boa dureza para não empenar com o tempo, e também suportar o peso da estrutura projetada.

Espécies que produzam óleos e substâncias que naturalmente espantam os insetos são muito interessantes para serem utilizadas.
Uma opção é a TECA, que é insubstituível para uso naval, justamente por ser altamente resistente às agressões. A MADEIRA TECA não empena, tem um conservante natural, resiste às mudanças de umidade do ar, à ação do sol, do frio, do calor e da chuva. Aqui no Brasil ela é cultivada em reflorestamento, pois trata-se de uma espécie vinda de fora.


PERGOLADOS

pergolado de madeira

O IPÊ, árvore nativa do Brasil, uma das espécies de madeira de lei (de maior durabilidade) mais utilizadas para áreas exteriores, é densa e pesada, e é muito resistente ao apodrecimento, e por isso pode ser também a ideal para a construção de pergolados. De cor marrom escuro.

O CUMARU é uma espécie nativa do Brasil que também pode ser empregada em uso externo. Além de sua alta resistência para variações de umidade do ar, o cumaru também resiste ao ataque de insetos, fungos e brocas. De cor marrom avermelhado.

A MAÇARANDUBA e a PITOMBA, ambas com características similares às demais madeiras citadas, também têm ótima resistência às intempéries e são ideais para uso externo.

O EUCALIPTO e o PINUS também são bastante utilizados na construção de pergolados, mas é preciso que sejam tratados em sistema de autoclave, que previne o apodrecimento. De tons claros, esverdeados devido ao tratamento.

O CEDRO é uma madeira leve e macia, com boa trabalhabilidade. De cor marrom médio.

Algumas Madeiras de Demolição, como a PEROBA (de cor marrom avermelhado) e o JATOBÁ (de cor avermelhada), também são excelentes opções para compor estruturas.
O JATOBÁ é outra boa opção para pergolados, porque é uma madeira dura e compacta, e muito resistente, tanto que é utilizada para fabricação de postes e dormentes, que exigem uma madeira de qualidade superior.
A ITAÚBA também. É dura e pesada.

Outras opções, mais baratas e/ou mais populares, são a GARAPEIRA (madeira clara), a MARACUTIARA (marrom malhado), o ANGELIM (marrom claro rajado),  e o TAUARI (marrom claro).


DECKS

deck de madeira em piscina

O IPÊ (ipê tabaco), árvore nativa do Brasil, uma das espécies de madeira de lei (de maior durabilidade) mais utilizadas para áreas exteriores, é densa e pesada, e é muito resistente ao apodrecimento, e por isso, sem dúvida nenhuma, é a madeira ideal para a construção de decks. De cor marrom escuro.

O CUMARU (ipê champanhe) é uma espécie nativa do Brasil que também pode ser empregada em uso externo. Além de sua alta resistência para variações de umidade do ar, o cumaru também resiste ao ataque de insetos, fungos e brocas. De cor marrom avermelhado.

A ITAÚBA também é uma boa opção para a construção de decks. É dura e pesada. De cor marrom claro.

O CEDRO é uma madeira leve e macia, com boa trabalhabilidade, e resistente às intempéries. De cor marrom médio.

O EUCALIPTO e o PINUS também são bastante utilizados na construção de decks rústicos, mas é preciso que sejam tratados em sistema de autoclave, que previne o apodrecimento. Muito presentes em projetos de arquitetura paisagística. O Eucalipto e Pinus tratado têm cores mais claras do que outras madceiras, puxando para o verde.


SAUNAS

sauna seca com revestimento de madeira cumaru rosa
 
A madeira ideal para saunas secas é aquela que é relativamente macia ao toque e que absorve, mas não conduz calor, uma madeira seca de fácil respiração, fazendo com que a experiência da sauna seja muito mais agradável e confortável.
 
ABETO  / PINUS / PINHO - pinus finlandês (só importado) ou pinus chileno
 
Este é um dos mais populares tipos de madeira para saunas, por não conduzir calor e não haver vazamento de resina. É um dos tipos mais resistentes de madeira. De cor clara, que com o tempo vai se tornando mais dourada. 
 
Tradicionalmente, as saunas são construídas com abeto (pinus, ou pinho), que mantém sua beleza natural com o tempo, não deforma, e permanece agradavelmente tonificada, escurecendo um pouco à medida que envelhece.

TECA IMPORTADA (madeira amplamente utilizada na indústria naval)

ASPEN (madeira sueca)
SPRUCE (madeira sueca)
 
CEDRO (substituindo o Mogno, espécie em extinção) - cedrinho cerne tipo exportação com secagem especial em estufa

CEDRO ROSA
 
O cedro é considerado uma das melhores madeiras para a construção de saunas, pois possui qualidades como maciez ao toque, ainda que resistente, e não empena. Ele mantém sua cor marrom clara ou cor de canela durante a vida útil da sauna, e é leve, macia e fácil de trabalhar. O cedro aromático pode ser instalado com uma adorável fragrância que irá preencher o ambiente sempre que você estiver dentro. De cor avermelhada, que tem um agradável aroma.
 
Bancos: Se já é bom o suficiente para a construção de saunas, o cedro também é considerada a melhor madeira para construir os bancos de sauna, mas há várias opções a serem consideradas. O pinho é também uma boa escolha na construção dos bancos, já que é uma das madeiras mais clássicas e ainda é fresca e macia ao toque.

Outras opções: cumaru rosaipê e cedro marinheiro.


MADEIRA CARBONIZADA  (Shou Sugi Ban
 
A técnica oriental Shou Sugi Ban de carbonizar a madeira é milenar e surgiu no Japão.

madeira carbonizadamadeira carbonizada
madeira carbonizada em painel de paredemadeira carbonizada em sauna seca

A madeira virgem natural de qualidade é submetida à carbonização, o que amplia a sua durabilidade e a sua resistência às intempéries e ao ataque de fungos e cupins, além de proporcionar uma estética diferenciada, singularizando a decoração.
 
Na carbonização os materiais orgânicos da madeira são decompostos, o que, segundo especialistas, gera maior preservação ao longo do tempo.


MADEIRA CARBONIZADA EM FACHADAS

MADEIRA CARBONIZADA EM FACHADAMADEIRA CARBONIZADA EM FACHADA

 
Galeria de Imagens:
Vídeo Relacionado: CONSTRUÇÃO DE SAUNA SECA EM MADEIRA Projeto e Construção de Sauna Seca Finlandesa em residência no condomínio Alphaville Campinas em madeira Cedro Cerne Tipo Exportação seca em estufa. Piso em placas modulares removíveis sobre porcelanato para facilitar a limpeza, forro rebaixado e paredes em lambri macho e fêmea com isolante térmico, arquibancada em dois níveis, encosto, banco extra móvel e “grade” de proteção ao redor do forno. Tudo pronto para a instalação do equipamento (forno elétrico) gerador de calor e da iluminação com cordão de LED por trás do encosto.
www.designtoro.com.br 19 3252 7899 ou 19 9 9905 9990